DWG KIA garante primeira classificação e o milagre não aconteceu para a Cloud9 no quinto dia do estágio Hexágono do MSI 2021

Após cinco dias de competição acirrada, a fase eliminatória do MSI 2021 está finalmente definida.

Foto via Riot Games

O estágio Hexágono do MSI 2021 do League of Legends finalmente chegou ao fim.

Depois de 30 jogos decisivos, as quatro primeiras equipes avançando para a fase de semifinais do torneio estão definidas. DWG KIA, Royal Never Give Up, PSG Talon e MAD Lions, todas chegaram à fase de mata-mata e passarão o resto da semana lutando por uma chance pelo troféu do MSI. 

Ainda assim, o último dia do palco Hexágono deixou fãs e espectadores com muitos motivos para intriga enquanto o evento marcha para sua fase final. Aqui estão as maiores histórias e conclusões após o quinto dia do estágio Hexágono do MSI 2021.

 

DWG perde cedo, mas aguenta tarde

Foto via Riot Games

A DWG KIA abriu o quinto dia da fase Hexágono com a chance de garantir a primeira colocação da fase de mata-mata. Mas depois que a equipe perdeu para a RNG para começar o dia, parecia que a DWG seria forçada a se contentar com a segunda colocação geral na chave iminente.

No entanto, os campeões da LCK obtiveram uma assistência significativa da MAD Lions no final do dia. Os próprios representantes europeus derrubaram a RNG, milagrosamente dando à DWG controle total sobre seu próprio destino. Tudo o que a DWG KIA teve que fazer a partir daí foi derrubar a Pentanet.GG para encerrar sua participação na fase Hexágono. Você provavelmente pode adivinhar o que aconteceu naquele jogo. 

Agora, a DWG KIA tem a oportunidade de enfrentar a MAD Lions nas semifinais da fase de mata-mata depois de selecioná-los como seus oponentes. Por causa do fato de que a DWG KIA terminou em primeiro lugar na fase Hexágono, a equipe pôde escolher com quem eles gostariam de jogar no futuro. O mais importante, porém, é que a DWG terá a chance de se esquivar da RNG, o único time a derrotar os campeões mundiais atuais no MSI, pelo menos até as grandes finais. 

PSG Talon e MAD Lions avançam com pouco estresse

Foto via Riot Games

A PSG Talon e a MAD Lions precisavam vencer apenas um jogo hoje para se qualificar para a fase eliminatória. Ambas as equipes conseguiram realizar essa façanha cedo, vencendo suas primeiras partidas do dia. Passando para a fase eliminatória, a PSG Talon enfrentará a RNG, enquanto a MAD Lions terá a honra de enfrentar a DWG KIA em uma melhor de cinco. 

Talvez o fator mais impressionante na participação da PSG para a terceira classificação de chave na fase de mata-mata tenha sido o atirador do time, Doggo. Depois que o atirador inicial da PSG, Unified, foi substituído antes do torneio devido a restrições de viagem, Doggo, o atirador inicial do rival doméstico da PSG, Beyond Gaming, conseguiu colocar a PSG em suas costas durante o MSI. Pela terceira vez na história do LoL, um rival nacional teve que substituir outro time no cenário internacional. E, francamente, Doggo está superando todos os outros substitutos internacionais da história. 

Em 16 jogos no MSI, Doggo manteve um AMA de 6,5, o segundo maior entre todos os jogadores do torneio, de acordo com o site de estatísticas do LoL Games of Legends. Além disso, seu DPM de 513 ocupa o terceiro lugar entre todos os atirador qualificados do MSI. 

Quanto à MAD, a equipe fechou a fase Hexágono com uma derrota para a já eliminada Cloud9, mas conseguiu somar duas vitórias consecutivas para garantir uma vaga na chave final. Claro, o 5-5 da equipe certamente indica desleixo, mas se a MAD Lions puder se ajeitar na próxima fase, eles podem facilmente estar disputando o título do MSI neste fim de semana. 

 

Cloud9 se despede antes mesmo de jogar

Foto via Riot Games

A C9 foi eliminada da disputa da fase de chaves antes mesmo de a equipe subir ao palco hoje. No momento em que a C9 jogou sua primeira partida do dia, a PSG Talon e a MAD Lions já haviam garantido suas classificações na chave final, deixando a C9 do lado de fora, apesar do fato de que C9 enfrentaria ambas as equipes no final do dia.

Se a C9 tivesse retido o controle sobre seu próprio destino ao derrotar a Pentanet ontem, os campeões da LCS poderiam ter ido atrás de um “milagre” no final do estágio Hexágono. Em vez disso, a equipe foi forçada a jogar dois jogos totalmente sem sentido para encerrar a participação do MSI.

E se há um ponto sensível para a equipe, é sua dupla de meio e selva, Blaber e Perkz. A dupla de ex-All-Pros não correspondeu às expectativas durante a fase Hexágono. Eles nunca conseguiam ganhar impulso suficiente para superar duplas como Canyon e ShowMaker ou Elyoya e Humanoid. 

Como resultado, a falha de Blaber e Perkz em acumular lideranças no início do jogo em várias ocasiões, muitas vezes transicionava para erros de macro no final do jogo. Ao longo do estágio Hexágono, a C9 teve movimentos duvidosos nas fases finais de jogos. Quer estivessem trocando um Barão por seu próprio Nexus contra a RNG ou um Dragão Ancião por todos os cinco jogadores contra a DWG KIA, más decisões pareciam andar em conjunto com a C9 naturalmente no MSI. 

Agora, a C9 voltará para a América do Norte com a cauda entre as pernas. Claro, a equipe tem um campeonato da LCS em seu nome, mas com equipes como TSM e Team Liquid preparadas para respirar fundo no pescoço da C9 pelos próximos três meses, a C9 está pronta para pular da frigideira internacional e voltar para o fogo regional. Não se esqueça de que, como os registros de vitórias e derrotas da Spring Split vão continuar, a C9 entrará na próxima divisão da LCS com apenas um jogo para o primeiro lugar na liga. 

As semifinais estão definidas

Foto via Riot Games

A chave final está definida no MSI 2021. Restam apenas quatro equipes e o torneio (finalmente) fará a transição para um formato melhor de cinco em todas as partidas. Para garantir o título, cada equipe restante precisará vencer duas partidas, a semifinal e a final. 

A DWG KIA conquistou a primeira classificação no início de hoje, então assim que os jogos chegaram ao fim, eles escolheram a MAD Lions, um time contra o qual a DWG fez 2-0 na fase Hexágono, como seu primeiro adversário na fase de mata-mata. A RNG, que acabou terminando apenas um jogo atrás da DWG KIA, apesar de ter um confronto direto por 2 a 0 contra os monstros da LCK, vai jogar sua semifinal contra a PSG Talon. A PSG foi uma das três equipes a derrotar a RNG na fase Hexágono, dando aos representantes da PCS uma centelha de vida no que deveria ser uma batalha difícil. 

Estamos prevendo que a DWG e a RNG vencerão seus respectivos confrontos semifinais e se enfrentarão nas finais do MSI. A partir daí, porém, ainda é uma disputa completa, graças aos pedigrees decorados de ambos os times principais do torneio.


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 18 de maio.