C9 Vulcan: “acho que a LCS da América do Norte está bem fraca, mais que em muito tempo”

O talentoso suporte da Cloud9 acredita que a cena norte-americana de LoL esteja em seu pior momento.

Foto via Riot Games

A Cloud9 está no topo da cena norte-americana de League of Legends, com placar perfeito até a quarta semana do LCS Spring Split 2020.

A C9 abriu uma vantagem de 8-0 no começo, mas o resto da liga parece sem graça. Aliás, um dos novos jogadores da C9, Philippe “Vulcan” Laflamme, acha que a LCS está em uma fase fraca.

Em entrevista a Travis Gafford, o suporte de 20 anos de idade compartilhou sua perspectiva sobre a competição internacional e como a C9 se sairia contra os melhores times de regiões como Europa e Ásia.

Sem surpresas, ele citou a G2 Esports como um dos times mais difíceis de derrotar, além de algumas equipes coreanas. Também disse que “é difícil julgar em regiões diferentes, porque [acho que] a LCS norte-americana está bem fraca, mais que em muito tempo”.

É verdade que a queda da Liga norte-americana não é nenhum segredo: diversos grandes times precisaram de muito esforço para ter algum sucesso em torneios internacionais. Os mesmos times também passam por dificuldades nesta temporada, como a TSM e a Team Liquid, com pontuações de 4-4 e 3-5, respectivamente.

Foto via Riot Games

Mesmo os times nas melhores posições, como a FlyQuest, Dignitas e Immortals, tiveram algumas derrotas bem feias contra times em colocações mais baixas. Nesse ponto, o futuro do LoL na América do Norte não parece muito bom.

Um ponto positivo para os fãs norte-americanos, porém, é que a C9 parece incrivelmente forte. A grande dúvida no momento é se o sucesso deles pode ser atribuído ao estado da região. Pode ser a combinação de um desempenho excelente por parte da C9 com os outros times deixando a desejar.

Confira a C9 e os melhores da América do Norte na LCS neste sábado, 22 de fevereiro.

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 21 de fevereiro.