Atiradores recebem fortalecimento em vida e movimento na Atualização 10.11 do League

Será que essa mudança poderia ajudar os atiradores a sobreviverem na fase inicial do jogo?

Imagem via Riot Games

As mudanças que a Riot Games planejou para os atiradores e carregadores de dano de ataque finalmente chegam aos servidores ativos com a Atualização 10.11.

Vários campeões receberão fortalecimentos de velocidade de movimento nos itens, bem como de vida base em geral. Lucian, Kalista, Vayne e Tristana recebem fortalecimentos mais específicos, já que eles também são mais frequentemente usados nas filas solo.

Quatorze atiradores, de Aphelios a Xayah, receberão fortalecimentos semelhantes em seus atributos base para sua vida e crescimento de vida base. Esta é a resposta da Riot a algumas das reclamações que muitos jogadores atiradores trouxeram nos últimos meses.

“Não é novidade que os atiradores sofrem grandes problemas de durabilidade, especialmente no começo da fase de rotas, quando parece que toda a força deles depende do suporte.”, disse a Riot. “Isso tem sido um grande problema na satisfação de mecânica de jogo, já que a força dessa classe depende diretamente do tempo em que eles conseguem se manter vivos (para coletar bem e criar itens).”

Por outro lado, o segundo tiro de Lucian de sua passiva, Disparo Iluminado, teve um aumento em sua taxa de crítico para 100%. O Vigía de Kalista não custa mana e o dano bônus em alvos marcados com a alma foi aumentado para 14/15/16/17/18% da vida máxima do alvo.

O dano bônus de Vayne em Rolamento foi aumentado para 60/65/70/75/80% do seu dano total de ataque, enquanto o multiplicador de velocidade de ataque base de Tristana foi aumentada para 0,679.

Por fim, Zelo, Dançarina Fantasma, Canhão Fumegante e Faca de Statikk agora oferecem velocidade de movimento de 7%, enquanto o Furacão de Runaan concede velocidade de movimento de 9%. A Riot disse que isso deve ajudar a dar aos atiradores mais mobilidade, para que “não sejam punidos tão severamente caso falhem e que ainda tenham chances de voltar para o jogo e lutar.”

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 27 de maio.