Akali recebe ajustes e Hecarim e Karthus ficam mais fracos na prévia da atualização 11.6 do LoL

Doze campeões estão na lista para receber mudanças.

Imagem via Riot Games

Mark “Scruffy” Yetter, diretor de design de mecânicas de jogo em League of Legends, listou no Twitter os ajustes da atualização 11.6, revelando que 12 campeões receberão mudanças.

Na semana passada, a Riot comentou um pouco sobre os ajustes à cura e a miniatualização de Xin Zhao, e agora Scruffy compartilhou a lista completa de ajustes que podemos esperar na atualização da semana que vem. Akali vai receber um pouco de atenção, enquanto os caçadores Hecarim e Karthus ficam mais fracos.

Desde sua atualização completa, Akali sempre dá trabalho à Riot. Qualquer pequena mudança de balanceamento pode fazer com que ela fique fraca demais ou forte demais. Mas, com a baixíssima taxa de 44,9% de vitórias no Platina ou superior na atualização 11.4, segundo o Champion.gg, chegou a hora de melhorar um pouco as coisas.

Scruffy deve explicar mais sobre os ajustes a Akali em breve, mas os testes parecem já estar acontecendo no PBE do LoL, segundo o Surrender at 20. A vida base da Assassina Renegada cai de 575 para 500 e a passiva Marca do Assassino, que restaura energia, será removida. A energia de Golpe dos Cinco Pontos (Q) foi ajustada, passando a exigir mais nos níveis iniciais e menos nos níveis mais altos. E a habilidade não causa mais dano adicional a tropas e monstros no nível máximo.

Investida Shuriken (E) causa menos dano na primeira conjuração e mais na segunda. E a primeira conjuração de Execução Perfeita (R) será enfraquecida no início e causará mais dano no fim do jogo, além de seu tipo de dano mudar de físico para mágico. A ultimate também terá 30% de PdH.

Spideraxe, moderador do Surrender at 20, encontrou ainda outra mudança no PBE em que a habilidade Proteção do Crepúsculo (W) aumenta a energia máxima de Akali em 80 quando estiver ativa, em vez de apenas restaurar essa quantidade. Isso estende seus possíveis combos, aumentando a energia máxima enquanto ela estiver invisível.

Pelo grande número de ajustes, parece que o que a Riot quer fazer é aumentar o poder de Akali, mas com cuidado, protegendo sua integridade competitiva. A assassina provavelmente terá menos dominância na fase de rotas, mas se sairá melhor nos estágios mais avançados do jogo.

Imagem via Riot Games

Os caçadores dominantes Hecarim e Karthus, que têm 51,7% e 52,6% de vitórias, respectivamente, no Platina e superior, ficam um pouco mais fracos para abrir espaço para outros campeões. Hecarim é um duelista forte, ótimo para abater tropas, tem grande mobilidade e bom controle de grupo. Com Força da Trindade, a Sombra da Guerra fica quase imbatível. O foco da Riot pode ser em limitar seu início de jogo, reduzindo seu poder como duelista e sua habilidade com tropas.

Quanto a Karthus, ele é incrível para abater ondas de tropas e é um monstro nos estágios mais avançados do jogo. Mas, no início, ele precisa de tempo para crescer e é muito fácil roubar seus monstros. A Riot pode se aproveitar de seu início mais fraco, fazendo com que suas habilidades causem menos dano a tropas.

Urgot, Lillia, Renekton e Gnar completam a lista de enfraquecimentos, enquanto LeBlanc, Sylas, Pyke e Volibear caçador ficarão mais fortes.

Falta uma semana para a atualização 11.6, então os ajustes estão sujeitos a mudanças antes de chegarem aos servidores ativos.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 08 de março.