A nova ultimate de Mordekaiser no LoL é totalmente quebrada

A nova ultimate de Mordekaiser remove ele e um campeão inimigo do jogo por 7 segundos.

Imagem via Riot Games

As novas habilidades e a nova arte de Mordekaiser saíram ontem e a maior parte fez sentido. A nova arte é maravilhosa e captura bem a estética de um monstro sombrio.

As habilidades também fazem mais sentido do que o conjunto atual de Mordekaiser. Ele terá uma passiva que fortalece alguns ataques básicos, uma reinicialização e bônus de ataque no Q, um W defensivo e um pouco de controle de grupo no E. Tudo coisa básica de lutadores com dano mágico; é só pensar em Swain.

Mas aí tem a ultimate. É aí que ele fica bem diferente de Swain. Só de olhar para o que a habilidade faz, já parece que vai ser o controle de grupo mais roubado do jogo inteiro.

A nova ultimate de Mordekaiser, Reino da Morte, vai banir Mordekaiser e um campeão inimigo escolhido por ele do mapa. Isso mesmo, eles dois somem por sete segundos.

Isso é completamente maluco. Imagine Mordekaiser chegando em uma luta e tirando o atirador dela por sete segundos. PUF! Sumiu o atirador. Boa sorte contra isso.

Além disso, a julgar pelas imagens dos bastidores, a ultimate nova é uma habilidade de apontar e clicar, o que significa que não dá pra fugir dela correndo. E mesmo que o oponente ainda tenha a chance de derrotar Mordekaiser no duelo no reino da morte, não é esse o ponto: quando ele voltar ao Summoner’s Rift, todos os aliados podem estar mortos e ele pode acabar dando de cara com o time inimigo inteiro.

Também não é como se Mordekaiser não fosse ser forte no duelo. Todas as habilidades dele foram reimaginadas com ele sendo um monstro nos duelos. Mas o fato de poder escolher qualquer inimigo para a ultimate é o que é quebrado. E não será só em partidas solo; times profissionais criam composições inteiras em que cada campeão depende dos outros. Imagine tirar um Zilean, um Taric ou uma Jinx de uma composição logo antes de um grande objetivo.

Isso remete à última grande atualização de Mordekaiser. Foi em 2015 e fez com que ele fosse sempre banido no Mundial. Não sabemos ainda se ele vai estar tão quebrado assim, não sem ver os números, mas parece que pode estar se encaminhando para isso.

No fim das contas, a equipe de redesign fez um ótimo trabalho com o novo Mordekaiser. Realmente parece melhor que o antigo. E olha, se o preço a pagar é que a ultimate dele seja quebrada no PBE até a Riot ajustar as coisas, é um preço bem decente a pagar para trazer de volta um campeão tão legal.

Artigo publicado originalmente por Xing Li em inglês no Dot Esports no dia 27 de maio.