Twitch divulga declaração sobre assédio sexual em meio a reclamações contra personalidades dos jogos

A Twitch ainda não detalhou planos para prevenção futura de assédios.

Imagem via Twitch

Várias mulheres se apresentaram com alegações de má conduta sexual nas mídias sociais envolvendo membros da comunidade de streaming e jogos. A Twitch não estava, necessariamente, diretamente envolvida na maioria das reivindicações, mas a plataforma divulgou um comunicado ontem à noite.

Enquanto algumas personalidades envolvidas nas alegações eram streamers da Twitch, outras reivindicações envolviam indivíduos vagamente associados à plataforma, provocando uma resposta.

“Levamos as acusações de assédio sexual e má conduta extremamente a sério”, disse a Twitch. “Estamos analisando ativamente as contas relativas aos streamers afiliados à Twitch e trabalharemos com a aplicação da lei, quando aplicável.”

Levando a declaração um passo adiante, a Twitch tentou confortar as mulheres que recentemente se apresentaram para contar suas histórias.

“Somos gratos pela bravura demonstrada por aqueles que se apresentaram para falar sobre suas experiências e estamos comprometidos em trabalhar para tornar a comunidade de streaming mais segura para todos”, disse a Twitch. 

Além de anunciar a investigação de várias alegações apresentadas no fim de semana, a Twitch não divulgou nenhum detalhe sobre como planeja a prevenção de futuros incidentes de má conduta sexual por parte dos afiliados à plataforma.

Artigo publicado originalmente em inglês por Max Miceli no Dot Esports no dia 22 de junho.

Esta declaração de Twitch vem após uma grande quantidade de comentários nas redes sociais de muitas pessoas que acreditam que a plataforma não fez o suficiente para evitar má conduta sexual por parte dos associados ao Twitch.