Qual é a história e o cenário de Battlefield 2042?

Estamos a apenas 10 anos do início de um colapso global.

Imagem via DICE / EA

A icônica e expansiva franquia de atiradores Battlefield está de volta em outubro com Battlefield 2042. A Electronic Arts e a desenvolvedora DICE lançaram o trailer oficial de revelação em 9 de junho, repleto de destruição, veículos e caos pelos quais a série é conhecida.

Embora a série seja mais conhecida por sua intensa e massiva ação multijogador, as versões anteriores incluíam uma espécie de campanha para um jogador. Mas em uma entrevista à Eurogamer, o diretor de design, Daniel Berlin, disse que a equipe estava se concentrando exclusivamente no multijogador desta vez, optando por não incluir uma campanha para um jogador ou mesmo um modo de batalha real.

No entanto, ainda há uma história interessante que levou às batalhas massivas nas quais os jogadores mergulharão.

Qual é a história por trás do Battlefield 2042?

A história por trás do Battlefield 2042 começa, dolorosamente, apenas 10 anos no futuro. Em 2031, a combinação de “aumento do nível do mar, colapso das economias e alianças rompidas” levou o mundo ao seu limite. Em outubro de 2033, ocorre o primeiro furacão de categoria seis, o Furacão Zeta. Uma segunda Grande Depressão começa poucos meses depois, e em agosto de 2035, o colapso da União Europeia.

Imagem via DICE / EA

À medida que as fronteiras se confundem e desmoronam, milhões de deslocados formam frotas desordenadas em busca de um lugar para chamar de lar permanentemente. Eles se autodenominam Não-Patriados. Em 2037, a humanidade está se adaptando “ao novo normal”, graças aos novos desenvolvimentos na tecnologia. Mas ainda existem 1,2 bilhão de No-Pats (Não-Patriados), com muitos se recusando a reassimilar.

Mas assim que as coisas parecem estar melhorando, ocorre um desastre. Em 2040, uma tempestade de detritos espaciais derruba mais de 70% dos satélites do mundo, causando um apagão global, resultando em acidentes aéreos, colapsos de comunicação e extrema instabilidade econômica. Os EUA e a Rússia, já em uma relação tensa, culpam-se mutuamente, enquanto outros culpam o movimento No-Pats.

Isso culmina em uma guerra de sombras entre as duas superpotências, levando ao cenário de Battlefield 2042. Ambos os lados colocam esquadrões de Forças-Tarefa No-Pat para lutar por recursos sem desencadear uma guerra total. Mas a “guerra aberta é iminente” e os No-Pats são todos forçados a escolher um lado.

Qual é o cenário do Battlefield 2042?

A guerra entre a Rússia e os EUA travada com especialistas e soldados No-Pat ocorre em um nível global, com ambos os lados tentando manter o controle sobre os recursos vitais em um mundo dividido. As batalhas o levarão a vários lugares ao redor do mundo, conforme detalhado pelas descrições dos primeiros sete mapas que foram anunciados.

Imagem via DICE / EA

No mapa Orbital, os jogadores viajarão para Kourou, na Guiné Francesa na África Ocidental, para o local de um foguete iminente. Em Hourglass, os jogadores seguem para a cidade de Doha, no Catar, que foi invadida por um deserto e está sujeita a tempestades de areia e poeira. Em Kaleidoscope, os jogadores lutam na cidade dominada por arranha-céus de Songdo, na Coreia do Sul. O mapa Manifest mostra os jogadores lutando em um enorme porto comercial labirinto que está cheio de contêineres de carga.

Em Discarded, os jogadores buscam o controle de um enorme cemitério de navios à beira-mar na costa oeste da Índia. Faça as malas para o Breakaway, um local de extração de óleo congelado na Antártica. Por fim, os jogadores irão para o deserto oriental no Egito e para um enorme local agrícola feito pelo homem em Renewal.

Imagem via DICE / EA

O enorme palco de guerra multijogador provavelmente incluirá outros locais conforme os mapas serão adicionados após o lançamento. O jogo será lançado em 22 de outubro.

Artigo publicado originalmente em inglês por Scott Robertson no Dot Esports no dia 09 de junho.