As maiores franquias de jogos que a Microsoft vai adquirir com a compra da Activision Blizzard

Alguns jogos da sua infância estão na lista.

Imagem via Microsoft

Com o anúncio da compra da Activision Blizzard por US$68,7 bilhões, a Microsoft passa a ser dona de várias franquias icônicas e jogos que moldaram a vida dos fãs. Entre os mais populares produzidos pela Activision Blizzard, podemos citar Call of Duty, World of Warcraft e Overwatch

A aquisição do grupo Activision Blizzard, anunciada hoje, não é o único acordo bilionário feito pela Microsoft nos últimos anos. Há pouco menos de dois anos, a Microsoft anunciou que tinha planos de adquirir a ZeniMax Media Inc., empresa-mãe da Bethesda Game Studios e de outras desenvolvedoras e responsável por jogos como as franquias Fallout e Elder Scrolls.

Na época, Satya Nadella, CEO da Microsoft, definiu os jogos como a categoria mais “expansiva” da indústria do entretenimento, pois nela as pessoas podem “se conectar, socializar e jogar” com os amigos. Recentemente, o CEO acrescentou que os jogos serão “peça-chave” no desenvolvimento das plataformas mais recentes do metaverso.

Essa aquisição aumenta a coleção de jogos do Xbox, que passa a incluir títulos conhecidos dos jogadores, como Diablo, StarCraft, Crash Bandicoot, Tony Hawk e muito mais. Separamos algumas das maiores franquias obtidas pela Microsoft com a compra da Activision Blizzard.

Call of Duty 

A franquia Call of Duty é uma das mais bem-sucedidas da indústria. O primeiro jogo foi publicado em 2003, e originalmente seria uma série completamente ambientada na Segunda Guerra Mundial. Com o tempo, no entanto, os jogos de Call of Duty começaram a se passar em vários ambientes, como a Guerra Fria, um mundo futurista e até o espaço.

Call of Duty® Franchise Collection no Steam
Imagem via Activision Blizzard

Além dos cenários, histórias e mecânicas, um dos motivos pelos quais a franquia Call of Duty é tão popular é ter passado por mais de 20 plataformas diferentes ao longo dos anos. Do PC ao Nintendo Wii e ao mobile, Call of Duty está acessível para qualquer pessoa que quiser jogar e em qualquer lugar. Além disso, novos jogos são lançados todos os anos desde 2005, o que mostra consistência e garante que os fãs sempre terão conteúdos novos e formas inovadoras de vencer.

Candy Crush

Candy Crush Saga e Candy Crush Soda Saga são dois dos maiores nomes da indústria de jogos mobile, ambos desenvolvidos e publicados pela King, que é propriedade da Activision Blizzard. Disponíveis tanto para dispositivos iOS quanto para os Android, esses jogos conseguiram conquistar fãs de todas as idades.

Candy Crush Players Spent $4.2 Million Per Day Last Year, Pushing the  Franchise's 2018 Total Past $1.5 Billion
Imagem via Activision Blizzard

Nos últimos 30 dias, Candy Crush Saga teve mais de 200 milhões de jogadores ativos, segundo o site de estatísticas activeplayer.io. É um número impressionante, especialmente considerando que, segundo as estatísticas, o número de jogadores vem caindo constantemente nos últimos meses.

World of Warcraft

Provavelmente o jogo mais renomado da Blizzard, World of Warcraft foi lançado em 2004 e, mesmo depois de tantos anos, ainda é um dos jogos multijogador mais populares da indústria. A base de jogadores e a aquisição de novos jogadores não vêm crescendo muito, e a população do jogo caiu consideravelmente desde janeiro de 2021. Mesmo assim, nos últimos 30 dias o pico de jogadores simultâneos chegou a 500.000.

How World of Warcraft Classic Could Save the Franchise! | eTeknix
Imagem via Activision Blizzard

Os jogadores de World of Warcraft conhecem esse mundo há anos e continuam o apoiando com uma mensalidade, mesmo nos altos e baixos que o jogo enfrenta entre uma expansão e outra. Com a aquisição da Activision Blizzard, a Microsoft pode continuar o lançamento periódico de expansões ou mudar o jogo completamente.

Overwatch

Outra das grandes franquias da Activision Blizzard é Overwatch. O jogo vendeu bem após seu lançamento em 2016 e criou uma comunidade grande e forte em seus torneios competitivos. No entanto, assim como World of Warcraft, Overwatch não tinha atualizações tão consistentes. Por isso, à medida que novos jogos foram lançados, tanto o jogo quanto sua cena de esports foram perdendo o público que antes crescia.

Overwatch Group Photo...WITH ANA : Overwatch, First-person Shooter, Gaming  : r/Overwatch
Imagem via Activision Blizzard

Em 2019, a Blizzard anunciou a criação de Overwatch 2, mas, desde então, poucos detalhes foram divulgados. A sequência deveria ter saído em 2021, mas o lançamento foi adiado e não houve notícias oficiais de quando ele ficará disponível para o público.

Desde seu lançamento, Overwatch se tornou um dos jogos de tiro mais amados do mundo, com seus mapas vibrantes e coloridos, personagens interessantes e modos de jogo únicos. Com a aquisição pela Microsoft, pode ser que Overwatch tenha um retorno triunfal.

Crash Bandicoot

A franquia Crash Bandicoot começou em 1996 e é uma favorita dos fãs desde então. O marsupial geneticamente aprimorado roubou muitos corações ao longo de seus anos em tantas plataformas. Os principais títulos da franquia são jogos de plataforma, mas há também vários spin-offs, incluindo jogos de corrida e familiares.

First Look: 'Crash Bandicoot 4: It's About Time' proves the franchise can  evolve
Imagem via Activision Blizzard

Outras franquias

Lançada em 1997, a franquia Diablo conta com duas sequências já publicadas e uma em desenvolvimento. O RPG de ação da Blizzard é um dos mais famosos do gênero e agora será entregue à Microsoft e à Xbox.

Um ano depois, foi lançado o primeiro StarCraft. O jogo de estratégia em tempo real é uma das maiores franquias adquiridas pela Microsoft, já que, além do grande número de jogadores, há também uma grande audiência em sua cena competitiva de esports.

Outra franquia que já é uma velha conhecida de muitos é Spyro. Assim como Crash Bandicoot, o dragão faz parte das vidas de muitos jogadores desde a infância. Desde sua estreia, Spyro teve várias sequências e relançamentos em diversas plataformas.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cecilia Ciocchetti no Dot Esports no dia 18 de janeiro.