Como assistir à Liga Brasileira de Free Fire

O campeonato substitui a Free Fire Pro League.

A Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) começou no dia 1 de fevereiro e marca o início do calendário competitivo do jogo em 2020. O campeonato substitui a Free Fire Pro League e será disputado todos os sábados e domingos a partir das 13h. A final da primeira etapa da Série A acontecerá nos dias 14 e 15 de março. O vencedor da Série A da LBFF representará o Brasil na Free Fire Champions Cup, que acontecerá em abril na Indonésia.

Formato

A Liga Brasileira de Free Fire terá três divisões e três etapas ao longo do ano. Nessa primeira etapa, somente a Série A será disputada. Os times atualmente na série A são: Corinthians, LOUD, Team Liquid, Black Dragons, RED Canids, FURIA, INTZ, Prodigy, SKS, B4, paiN Gaming e Vivo Keyd. As equipes que ficarem nos dois últimos lugares da tabela serão rebaixadas para a Série B.

As inscrições para a Série C ainda não foram divulgadas pela Garena. Depois da primeira etapa, a Série B será composta pelos dois times rebaixados da Série A e os times que se classificarem entre a 9ª e 42ª posição da primeira etapa da Série C. As oito equipes que ficarem no topo da tabela da Série C estarão automaticamente classificadas para a segunda etapa da Série A.

Transmissão

Os jogos serão transmitidos todos os finais de semana ao vivo no YouTube e no aplicativo BOOYAH.

A primeira etapa da Liga Brasileira de Free Fire começa com diversas novidades entre os times. O Corinthians disputa o campeonato depois de vencer a última temporada de 2019 e o World Series em novembro. Além disso, a Team Liquid estreia no cenário brasileiro do battle royale depois de adquirir o time da B8.

O Brasil provou ter um dos maiores cenários competitivos de Free Fire do mundo. A terceira temporada da Free Fire Pro League 2019 alcançou a marca de 1 milhão de espectadores simultâneos em novembro do ano passado. Com grandes times e atletas brasileiros, é possível que o campeonato quebre mais paradigmas para o jogo no país.