Explicados os banimentos de 20 anos de Dota 2

Valve fez muitas atualizações, que estão fazendo jogadores serem banidos até depois de 2038.

Foto via Valve

Apenas algumas horas depois de a Valve implementar novas regras e sistemas para a formação de partidas de Dota 2, os jogadores começaram a relatar que estavam sendo banidos por até 20 anos devido a denúncias.

Quem está levando esses banimentos são jogadores que estão tentando acessar o modo ranqueado dentro do cliente de Dota 2 e, até o momento, não há uma resposta exata sobre o que causa banimentos de 20 anos, além do que a Valve mudou na última atualização do jogo.

how? from DotA2

Uma observação importante é que o banimento de 20 anos é só o limite do que os servidores de Dota 2 registram em termos de valores numéricos. Na verdade, esse banimento é definitivo, para sempre, e inclui o bloqueio do número de telefone ligado à conta, para que não possa ser usado novamente em outra conta.

O motivo disso é bem técnico, mas há um tópico no Reddit em que se discute os detalhes mais complicados, e pode responder algumas dúvidas se você tiver interesse em entrar de cabeça no assunto.

Mas, em relação às mudanças de regra, houve três fatores principais implementados na nova atualização de criação de partidas para ajudar a combater uma enxurrada de contas “smurf” e “extras”.

  • Jogadores com pontuações de comportamento extremamente baixas
  • Infringir os Termos de Serviço da Steam em relação a compra e venda de contas
  • Jogadores que forem detectados abusando de erros para ter vantagem sobre outros jogadores

O motivo apontado para a maior parte desses banimentos vitalícios é que os jogadores têm pontuações de comportamento extremamente baixas, seja isso um problema recente ou repetido.

Se um jogador for grosseiro com seus companheiros de equipe, se recusar a jogar em equipe ou abusar de alguma forma dos sistemas de Dota 2 para prejudicar a experiência de outro jogador, vai começar a perder pontuação de comportamento. Da mesma forma, os jogadores que pensam no time e colaboram com os outros podem receber bônus à pontuação se forem honrados depois das partidas.

A pontuação máxima possível é 10.000, mas não se sabe como esses pontos são alcançados. Mas, quando você fica abaixo de um certo limite nessa pontuação, você é movido para uma fila de baixa prioridade e só pode jogar com outros jogadores tóxicos.

Agora existe outro nível, o que faz com que os mais tóxicos desses jogadores sejam banidos de vez, assim como os que trapaceiam e infringem os Termos de Uso.

“A primeira onda de banimentos vai para os jogadores que tiverem pontuações excepcionalmente baixas”, disse a Valve em seu depoimento. “Vamos continuar com as ondas de banimentos regularmente para os usuários que estiverem nessa pequena porcentagem da comunidade. Os usuários que atingirem um nível tão baixo de comportamento no jogo são um incômodo grande demais para o resto da comunidade e não os queremos aqui.”

E apesar de ainda haver alguns erros aqui e ali, como acontece com todo sistema à base de algoritmos, os banimentos devem melhorar rapidamente a qualidade de vida nas ranqueadas de Dota 2. Além disso, os jogadores regulares que não estiverem em perigo com essas atualizações podem aproveitar e ver a escória da comunidade tentar discutir que não deveria ser banida.

Alguns jogadores com acesso e conhecimento de como pesquisar estatísticas individuais começaram a entrar nos tópicos de reclamação trazendo provas numéricas de que os jogadores eram tóxicos. Coisas como porcentagem de abandonos de partida e atuações ruins estão sendo trazidas à tona para acabar com os argumentos deles. 

Se você tiver sido banido quando não deveria e puder provar, seja mostrando que não tem baixa pontuação ou se explicando, a melhor tentativa é entrar em contato com um representante diretamente por email ou outro meio. Mas talvez seja melhor esperar até o burburinho inicial diminuir.

Artigo publicado originalmente por Cale Michael em inglês no Dot Esports no dia 18 de setembro.