Segundo CSPPA, jogadores de CS:GO deveriam ter um intervalo mínimo de 3 horas entre séries melhores-de-três

O assunto surgiu depois da série da c0ntact contra a Fnatic nesta semana.

Imagem via Valve

A Associação de Jogadores Profissionais de Counter-Strike (Counter-Strike Professional Players Association, CSPPA) reforçou suas recomendações para horários de torneios.

A CSPPA divulgou uma declaração depois que jogadores da c0ntact reclamaram de não haver uma pausa antes da partida decisiva contra a Fnatic por uma vaga no cs_summit 6 Europa, segundo regional de (RMR) de CS:GO do ano.

A c0ntact tinha acabado de jogar uma melhor-de-três contra a Complexity que durou mais de quatro horas. O líder da equipe no jogo, Marco “Snappi” Pfeiffer, e o técnico Neil “NeiL_M” Murphy pediram à organização uma pausa de 30 minutos antes de enfrentar a Fnatic. Mas ouviram que a pausa deveria ter apenas 20 minutos, segundo as regras do cs_summit 6.

“Quando terminamos a última partida [contra a Complexity], minhas costas estavam horríveis”, comentou Luka “emi” Vukovic no Twitter. “Eu estava com dor de cabeça e tremia como se estivesse começando a ficar com febre. Tudo que eu precisava era meia hora pra me deitar e descansar um pouco.”

Não é o que a CSPPA recomenda, porém. A Associação disse que, se um time tiver duas melhores-de-três no mesmo dia, a organização do torneio deve garantir que os jogadores tirem uma pausa mínima de três horas entre as séries. “Recomendamos que todos os organizadores adotem essas regras e evitem situações como a que aconteceu”, disse a CSPPA.

O cronograma de CS:GO competitivo está mais cheio que nunca desde que passou a ser online devido à pandemia de coronavírus. Quase todas as partidas são agora séries melhores-de-três e as fases de grupos estão maiores.

Não se sabe se o cs_summit 6 e outros torneios vão mudar o funcionamento e seguir as recomendações da CSPPA a partir de agora.

Artigo publicado originalmente em inglês por Leonardo Biazzi no Dot Esports no dia 24 de junho.