Organização brasileira paiN Gaming mudará sua equipe masculina de CS:GO para a América do Norte

A PaiN venceu todos os principais torneios do Brasil no ano passado.

Imagem via Valve

Uma das mais prestigiadas organizações de esports do Brasil, a paiN gaming, enviará sua equipe masculina de CS:GO para viver e competir na América do Norte, anunciou a organização hoje.

A equipe viverá no Canadá e vai procurar participar de eventos na região norte-americana como um todo. As organizações brasileiras geralmente escolhem criar uma casa de jogos no Canadá porque o país não exige um visto de trabalho como os EUA.

“2019 foi um ano incrível para nós no CS:GO“, disse a paiN Gaming. “Nossa equipe masculina se mudará para o Canadá para praticar e competir em campeonatos da América do Norte.”

Com essa mudança, a paiN não poderá participar do circuito CLUTCH, um dos maiores torneios da América do Sul. “Juntamente com o paiN, decidimos que a melhor coisa para nossa equipe era deixar o Brasil e morar no Canadá, possivelmente mudando em abril”, disse Bruno Ono, treinador da paiN.

A PaiN teve um de seus melhores anos no CS:GO em 2019. Vinícios “PKL” Coelho, Paulo “land1n” Felipe, Rodrigo “biguzera” Bittencourt, Wesley “hardzao” Lopes e Gabriel “NEKIZ” Schenato venceram todos os maiores torneios no Brasil, como o GamersClub Masters III e IV, Brasileirão primeira temporada e CLUTCH LA League quinta temporada.

Esta não é a primeira vez que a paiN envia uma equipe de CS:GO para a América do Norte. A organização tentou fazer isso em 2016, mas sua equipe não conseguiu nada. A equipe atual, no entanto, tem muito mais experiência, já que PKL, NEKIZ e land1n já viveram e competiram na América do Norte antes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Leonardo Biazzi no Dot Esports no dia 20 de janeiro.