FURIA vence Astralis novamente e os elimina da semifinal da temporada 7 do ECS

Agora nós brasileiros temos outro time grande para torcer.

Foto de Joe Brady via FACEIT

FURIA conseguiu de novo: eles venceram a Astralis pela segunda vez em dois dias.

FURIA parece estar a caminho de ser o melhor time brasileiro de CS:GO depois de derrotar a Astralis hoje na decisão do grupo A e garantir uma vaga na próxima fase.

Os dinamarqueses venceram o primeiro mapa da série, Inferno, que é um dos melhores deles e foi escolhido por eles. Parecia que a série já estava decidida quando a Astralis abriu 14-5. Mas o time brasileiro reagiu e venceu sete rodadas seguidas de Contraterrorista. A Astralis precisava desesperadamente vencer uma rodada e fez isso, explodindo o bombsite B para garantir que o jogo fosse pelo menos para a prorrogação. Mas, já que a FURIA ficou sem grana, a Astralis também venceu a rodada seguinte e levou o mapa por 16-12.

A próxima série foi para o Mirage, e a primeira metade acabou 8-7 para a FURIA. Mas eles brilharam de verdade como Contraterroristas, e a Astralis não conseguia fazer muito, apesar de estar conseguindo a primeira eliminação. Vinicius “VINI” Figueiredo carregou a FURIA com 25 eliminações, enquanto a média no resto do time era de 13 cada um.

A maior parte dos fãs de CS:GO estava ansiosa pelo terceiro mapa, Nuke, em que FURIA tinah derrotado Astralis na primeira rodada do ECS. O jogo começou equilibrado, com os dois times ganhando rounds alternados e comprando o que conseguissem. A Astralis terminou a primeira metade, como Contraterrorista, na frente, vencendo por 9-6.

FURIA começou a voltar depois de perder a primeira rodada da segunda metade do jogo. Eles venceram 7 rodadas seguidas e todo mundo estava ajudando. O time controlou os nervos quando o dinheiro acabou e venceu o mapa por 16-13, tirando a Astralis do campeonato. Kaike “KSCERATO” Cerato foi muito importante nesta partida quando ficou sozinho contra dois inimigos e venceu a rodada.

FURIA avança para a semifinal pela segunda vez seguida, como na DreamHack Masters Dallas na semana passada. Andrei “arT” Piovezan, capitão da FURIA, disse em uma entrevista depois da partida que “é tão grande que não sei expressar o que estou sentindo agora”.

A Astralis, por outro lado, vai pra casa depois de perder duas vezes para a FURIA no ECS. Eles não vão conseguir passar a Team Liquid nos rankings da HLTV depois dessa performance, continuando como o segundo melhor time do mundo.

FURIA joga contra North nas semifinais da temporada 7 do ECS amanhã, 8 de junho, às 9 da manhã (horário de Brasília).

Artigo publicado originalmente por Leonardo Biazzi em inglês no Dot Esports no dia 07 de junho.