CS:GO atinge seu maior número de jogadores desde 2017

O CS: GO atingiu mais de 760.000 jogadores.

Imagem via Valve

Embora o Counter-Strike exista desde 2012, esse último período de festas foi um dos melhores meses para o jogo desde 2017.

Em dezembro, a contagem de jogadores do CS:GO aumentou exponencialmente ao longo do mês, culminando em um pico de 767.060 jogadores, que é a maior quantidade de jogadores simultâneos desde janeiro de 2017, que chegou a 814.616 jogadores.

Captura de tela via SteamCharts

A razão para esse aumento não está bem clara, já que não houve nenhum grande evento em CS:GO, nem nenhuma operação, fatos que já aumentaram a contagem de jogadores no passado, o mais recente evento foi o Operação Teia Fragmentada, que foi lançado no início de novembro.

Em 2017, a razão para o aumento nos jogadores foi devido ao cobiçado ELEAGUE Major em Atlanta, de 22 a 29 de janeiro de 2017. Este evento contou com algumas das maiores equipes de CS:GO, como os vencedores Astralis, a potência polonesa Virtus.Pro e os ex-vencedores SK Gaming. O significado foi sem precedentes, pois foi a primeira vez que um time dinamarquês ganhou um major. E mais tarde se tornaria o início do domínio da Astralis na cena. 

Desta vez, no ano passado, a Valve mudou drasticamente o CS:GO para compensar a falta de jogadores. Naquela época, o CS:GO viu um declínio acentuado em sua base de jogadores, resultando em uma baixa histórica de 420.261 jogadores em julho. Os desenvolvedores tornaram o CS:GO gratuito, o que aumentou a contagem de jogadores, mas resultou em críticas desfavoráveis, pois houve um grande surgimento de trapaceiros, um problema já difundido no CS:GO

Com essa mudança, a Valve também introduziu um modo battle-royale, que foi atualizado consistentemente desde a sua implementação.

Mas, o CS:GO, como apenas alguns outros jogos, provou mais uma vez que pode resistir ao tempo.

Artigo publicado originalmente em inglês por George Geddes no Dot Esports no dia 03 de janeiro.