Notas da atualização da 6ª temporada de Apex Legends, Potência Máxima

A nova temporada dará início a mudanças profundas no Battle Royale.

Captura de tela via Respawn Entertainment

A sexta temporada de Apex Legends está trazendo armas grandes, literalmente.

A nova temporada apresentará Rampart e sua pesada metralhadora Sheila, mas isso está longe de ser tudo de novo. A Respawn fez várias mudanças importantes nas lendas e no balanceamento das armas. De fortalecimentos em lendas Batedoras a mandar o R-99 para Capsulas de Suprimentos, Potência Máxima terá profundas repercussões na jogabilidade, o que dará à temporada seu próprio sabor.

As mudanças já entraram em vigor, junto com outros elementos de jogabilidade significativos, como a Submetralhadora Volt, o sistema de fabricação e o novo sistema de armadura. Aqui estão as notas da atualização para a sexta temporada.

Todas as armaduras do jogo são uma Armadura Evo

As novidades com a sexta temporada começam assim que os jogadores entram na arena. Todas as armaduras do jogo (exceto as de ouro) terão recursos de Evo integrados. Os jogadores também irão gerar o equivalente a uma armadura Evo de “nível zero”, o que significa que eles podem obter um escudo grátis assim que pousarem. A adição irá abalar profundamente o meta de Apex.

A mudança será seguida por outros ajustes ao dano necessário para aumentar o nível dos escudos. Leva 50 de dano para atingir o branco e outros 125 para o azul. O roxo, por outro lado, requer 250 pontos de dano. Para maximizar uma armadura, os jogadores precisam causar 500 de dano, um número bastante fácil de obter.

Para se alinhar com o novo sistema de armadura, a Respawn reduziu a vida de todas as armaduras em 25, o que significa que uma aramdura máximo atingirá apenas 200 pontos de vida ao invés de 225, mas ainda assim irá derrotar os 175 de dano da armadura roxa e dourada.

Balanceamento de lendas

As lendas da classe Batedor ganharam uma mecânica nova e muito aguardada. Bloodhound, Crypto e Pathfinder podem interagir com sinalizadores de pesquisa para saber a próxima localização do anel, dando a eles a capacidade passiva do Pathfinder. Crypto pode usar seu drone para obter as informações instantaneamente.

Mas o alegre MRVN não está ganhando nada com o negócio. A sexta temporada revisou sua passiva para reduzir o tempo de recarga de sua Suprema em 10 segundos para cada sinalizador escaneado. No entanto, essa pode não ser a extensão total das mudanças no Pathfinder. “No futuro, vamos dar uma olhada no Pathfinder para ver o que mais podemos fazer para que ele seja mais único.”, diz as notas da atualização.

Bloodhound também está recebendo algum poder de fogo extra para torná-lo um rastreador “quase divino” ao usar sua Suprema. Fera da Caça ganhou uma sinergia extra com sua tática, Olho do Pai-de-Todos, que diminui drasticamente o tempo de recarga da habilidade tática ao usar sua Suprema. Derrubar inimigos durante a Fera da Caça também a faz durar mais.

O kit de Crypto também sofrerá uma revisão e tornará seu drone mais vital para bancar o especialista em vigilância. Ele pode usar o drone para ativar os sinalizadores de pesquisa e de ressurgimento instantaneamente, o que fornece uma opção segura para ativá-los, assumindo que os inimigos não derrubem Hack.

A Respawn dobrou os pontos de vida de Hack como forma de compensar um aumento em sua caixa de acerto. As mudanças devem permitir que os inimigos atinjam o drone de forma mais consistente.

Para neutralizar a sinergia entre Revenant, Crypto e Wraith, seu PEM também diminuirá a velocidade dos companheiros de equipe pegos na explosão, mesmo se eles não tivessem escudos, o que é uma forma de conter os ataques agressivos que vêm após usar o Totem da Morte. O kit de Revenant também sofreu ajustes para mitigar essa sinergia. Os jogadores não serão capazes de usar a Fenda Dimensional de Wraith por dois segundos após serem chamados ao totem como uma forma de desacelerar avanços hiperagressivos.

Wattson’s e Octane viram mudanças menores, mas impactantes. As Torres Interceptoras vão derrubar barris do Caustic no meio do vôo como se fossem granadas e o viciado em adrenalina pode fazer jus ao seu nome usando Estimulantes enquanto se cura, mas ele não removerá a lentidão causada ao se curar.

As mudanças em alguns dos kits dos outros personagens se limitaram principalmente às suas Supremas. O tempo de recarga na Boutique do Mercado Negro de Loba caiu pela metade, para 90 segundos em vez de três minutos, para melhorar a forma como ela canaliza o espólio para a equipe.

O Bombardeio Defensivo de Gibraltar está obtendo um aumento significativo no tempo de recarga. Os jogadores terão que esperar 4,5 minutos entre as Supremas em vez dos três habituais. O Estrondo do Trovão de Bangalore, no entanto, foi na direção oposta: a recarga caiu para três minutos.

Espólios e balanceamento de armas

Os ajustes de longo alcance da sexta temporada também se estenderão ao conjunto de armas. O balanceamento das armas está passando por grandes mudanças, especialmente com o R-99.

O R-99 é indiscutivelmente a Submetralhadora mais popular em Apex e a Respawn optou por mudá-lo para uma arma de entrega de suprimentos. A arma causa 12 de dano por tiro (em vez de 11), tem um tamanho de carregador de 32 e carrega um total de 160 balas.

O movimento deixa uma lacuna que pode ver o brilho da Submetralhadora Volt. A nova Submetralhadora energética será o sabor do mês para a temporada, mas pode permanecer uma escolha popular dependendo de seu desempenho.

Os R-99s entram no território das entregas de suprimentos e também liberam um novo espaço para uma arma encontrada no chão: a Devotion LMG, uma das armas pesadas mais letais de Apex. O movimento da arma para a os espólios no solo também significa o retorno do Turbocompressor e a adição de Carregadores de Energia Estendidos.

Ele entra com o turbocompressor e sai com o Funil de Precisão. Em vez disso, será integrado às duas armas compatíveis, o Triple Take e o Peacekeeper.

Uma ampla gama de armas também está sofrendo alguns ajustes: Hemlok, Triple Take, Charge Rifle, Spitfire, Havoc, Mozambique, P2020, Sentinel e Prowler passarão por algumas mudanças.

O P2020 e o Mozambique são usados ​​com mais frequência quando não há alternativa melhor. O Moçambique ganhou um tiro extra no carregador, para um total de quatro, enquanto o P2020 teve dano extra (15 em vez de 13) e multiplicador de dano de ponta chata reduzido de 2,7 para 2,35. Isso vai deixar o dano da P2020 de ponta chata inalterado na maioria dos cenários. As duas armas são ainda mais úteis ao logo ao cair, especialmente com o sistema de armadura atualizado.

O Hemlok, Prowler e Spitfire obterão mudanças em seu recuo, tornando-os mais fáceis de controlar na maioria das ocasiões. O tiro automático do Prowler, no entanto, terá um coice maior. O Havoc também viu mudanças em seu manuseio com um novo padrão de recuo como forma de balancear o rifle.

Snipers também não estão isentos de mudanças. O Triple Take ganhou um fortalecimento em sua cadência de tiro e tamanho do carregador, e se beneficia do funil de precisão embutido. Munição de Precisão se tornará mais fácil de saquear em partidas. Cada captador concederá 12 tiros em vez de 8 e a munição acumulará 24 tiros em vez de 16.

O Rifle de Carga, entretanto, usará mais munição. Cada tiro consumirá duas munições por disparo, mas o tamanho do carregador dobrou de quatro para oito tiros.

Fabricação

Se você quer experimentar o Devotion, mas não consegue encontrar um Turbocompressor, o novo sistema de fabricação pode ser a solução perfeita. O novo sistema permite que os jogadores troquem materiais, um recurso único encontrado em partidas, para criar armas, itens, saltos e até mesmo escudos específicos, dependendo do que fizer parte da rotação.

Artigo publicado originalmente em inglês por Pedro Peres no Dot Esports no dia 17 de agosto.