É quase impossível jogar ranqueadas de Apex Legends, graças aos hackers

Apesar dos esforços da Respawn para acabar com os hackers, os jogadores das ligas ranqueadas mais altas ainda têm que lidar com muitos deles.

Imagem via Respawn Entertainment

A temporada 2 de Apex Legends introduziu um sistema de ranqueadas para trazer os jogadores frustrados de volta. Mas aqueles com habilidade para subir aos níveis mais altos estão reclamando que a maior parte da experiência deles está sendo estragada por hacks e trapaças.

Uma pessoa criou uma compilação que mostra hackers nos níveis mais altos das ranqueadas.

O vídeo mostra streamers vendo as partidas das pessoas que os mataram. Quando os streamers irritados começam a gritar e xingar a pessoa que estão vendo, está claro que a mira vai direto para as cabeças dos alvos, o cursor segue alvos atrás de paredes e ela sabe a localização dos inimigos.

O vídeo vem alguns dias depois de Michael “shroud” Grzesiek ter sido metralhado por um hacker enquanto estava preso nas cordas de um balão. Shroud viu seus aliados terem o mesmo destino quando o hacker fez o mesmo com eles.

Outra pessoa no Reddit fez uma lista de possíveis soluções para pandemia de trapaça.

Algumas das soluções são adicionar autenticação em dois fatores para ranqueadas, precisar chegar ao nível 100 (em vez do 10) antes de poder acessar as ranqueadas e contratar uma equipe para procurar hackers em streams de ranqueadas.

Os fãs decepcionados estão esperando uma resposta da Respawn. No começo de maio, a equipe de desenvolvimento da Respawn publicou uma atualização dos resultados dos combates a trapaça. Eles disseram ter banido 770 mil jogadores e bloqueado a criação de mais de 300 mil contas, em um trabalho conjunto com várias equipes e desenvolvedores. Mesmo assim, os hackers continuam tendo impacto negativo na experiência dos jogadores nas ranqueadas.

Se a equipe de desenvolvimento da Respawn não consertar isso o quanto antes, correm o risco de perder jogadores, fãs e streamers outra vez.

Artigo publicado originalmente por Andreas Stavropoulos em inglês no Dot Esports no dia 09 de julho.